Sobre manter paraísos em segredo


Hoje está fazendo +6°C em Estocolmo - que alívio. Já passamos pelo solstício de Inverno, e isso significa que a luz do dia está durando cada vez mais. A manta branca de neve que uma vez cobria toda e qualquer superfície agora está derretendo, dando espaço para o verde da grama respirar mais uma vez.

Como eu senti falta do verde.

Talvez seja por isso que hoje eu tô que tô. Tem uma esperança despertando aqui no meu peito, e eu preciso compartilhar essa energia com vocês.

Em um dos posts mais recentes aqui do blog, eu falei sobre meu poema favorito, And if I speak of paradise, por Roger Robinson. Esse poema fala sobre manter seu paraíso no bolso, em segredo, o que pode ser um tanto difícil para mim, pois adoro falar abertamente sobre tudo o que me fascina, minhas crenças e paraísos - não é à toa que tenho um blog.

Contudo, a vida vai me ensinando que algumas coisas não foram feitas para ser compartilhadas. Nem mesmo com aqueles que mais amo.

Acho que todo mundo já deve ter passado pela situação de contar para um amigo/família/parceiro sobre planos audaciosos, e sair daquela conversa super desmotivado e sem esperanças. Compartilhamos aquele nosso cristal precioso, guardado com esmero, e alguém nos faz acreditar que é só mais uma pedra opaca e ordinária.

Eles não estão fazendo isso por mal. E se estiverem... bem... então você deve manter distância deles.

Acontece que muitas pessoas perderam confiança e esperança em si mesmos. Consequentemente, eles não serão capazes de te encorajar a seguir seu sonho e acreditar que é possível. Algumas pessoas dirão - Eu te amo. Eu me preocupo contigo. Estou falando isso para o teu bem. - Todavia o que faz bem para um, não necessariamente faz bem para outro.

Ponto final.

Somente você tem o poder de colocar alguns limites e filtrar aquilo que pode ser compartilhado com determinadas pessoas.

Tendo dito tudo isso, eu quero te propor uma ideia: descreva em algum lugar secreto as ondas e palmeiras do seu paraíso. Escreva sobre aquilo que te instiga, planos e paixões. Permita-se registrar o mais alto dos sonhos. Reconheça que esse é o seu desejo. Aceite que essa é uma parte de ti.

E mantenha em segredo.
POSTS RECENTES

2 comentários:

  1. Oi Amanda!

    Eu aprendi há muito tempo a não falar minhas metas. Primeiro porque pode não dar certo e eu vou ser taxada como mentirosa. E segundo é que na maioria das vezes as pessoas não partilham do mesmo sonho/desejo que nós. E isso acaba distorcendo bastante a nossa visão do que é certo ou errado.

    Espero que com a mudança do clima, você continue animada a colocar a mão na massa e fazer o que você acha certo. Mesmo que ninguém aprove.

    Ótimo comecinho do ano pra você (tudo bem que já é dia 17 rs) ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia!

      Sim, exato! E também é uma questão de acreditar, né? Eu acho que tenho que estar sempre trabalhando essa confiança dentro de mim, como se fosse um ritual diário de higienização, sabe? Como escovar os dentes e tomar banho todos os dias.

      Obrigada pelo apoio, baby!

      Ótimo começo de ano para nós!!! <3

      Um beijo!

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo