Meu poema favorito


Esse mundo é incrivelmente aleatório. Sincronizado, talvez?

Roger Robinson escreve And if I speak of Paradise, que é exposto nos metrôs de Londres. Enquanto isso, em 2020, eu estava morando em Paris, e resolvo passar 01 mês em Birmingham como WorldPacker. Depois de duas semanas em Birmingham, eu me dou conta de que estou cansada daquela cidade, e compro uma passagem de ônibus de última hora para Londres.

No meu último dia em Londres, começo a sentir um sentimento de vazio. Algo estava faltando. Algum tipo de melancolia, de gotas de rum no café, uma paixão não correspondida. Faltava poesia.

Decido, então, fazer uma visita à Daunt Books, ilustre cadeia de livrarias em Londres. Pego o metrô, procuro um assento afastado da multidão e tento me concentrar em qual estação devo fazer a troca de linhas, naquele tubo absurdamente barulhento que compete com a música nos meus fones de ouvido.

E naquela turbulência, algo me acalma: um poema exposto logo acima dos meus olhos.

And if I speak of Paradise,
then I'm speaking of my grandmother
who told me to carry it always
on my person, concealed, so
no one else would know but me.
That way they can't steal it, she'd say.
And if life puts you under pressure,
trace its ridges in your pocket,
smell its piney scent on your handkerchief,
hum its anthem under your breath.
And if your stresses are sustained and daily,
get yourself to an empty room - be it hotel,
hostel or hovel - find a lamp
and empty your paradise onto a desk:
your white sands, green hills and fresh fish.
Shine the lamp on it like the fresh hope
of morning, and keep staring at it till you sleep.

- Roger Robinson

Roger Robinson guarda seu paraíso para si, assim como sua avó. Paraísos diferentes do meu. Diferentes do seu, caro leitor. E por mais que o paraíso seja uma ideia subjetiva, todos nós reconhecemos o desejo por um paraíso. E reconhecemos a necessidade de mantê-lo em segredo.
POSTS RELACIONADOS

2 comentários:

  1. Seu eu cai de paraquedas aqui, sim cai.
    E já gostei do cantinho e do post.
    Quanto tempo eu não lia algo assim na blogosfera, como um diário só para termos uns insights bacanas sobre a vida e a existência.
    Enquanto estava aqui lendo, te imaginei em um daqueles filmes ingleses, que as pressas faz as coisas que quer fazer por medo logo de mudar de ideia.
    Amei seu post, amei seu canto! *O*

    KAROLINI BARBARA (BLOG)
    @karolinibarbara_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karolini! Siiiim, esse é o intuito do blog! Às vezes, as pessoas me perguntam "tá, mas o teu blog é sobre o que? viagens? moda?", e eu penso "cara... é só um diário, sei lá" hahaha

      Obrigada por deixar esse comentário super amor por aqui! Seja bem-vinda! Um abraço!

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo