Metas modestas e sinceras para 2022

Feliz 2022!

Você já deve ter ouvido falar sobre a famosa lista de resoluções, principalmente nessa época do ano. Há quem escreva essa lista com um coração apaixonado. Há quem escreva por escrever. Há quem nem pense em escrever.

Há alguns anos, eu elaborava minha lista já sabendo que não iria até o fim. Eu desacreditava do meu potencial antes mesmo do início.

Ainda bem que toda lua tem seu ciclo.

Faz pouco tempo que comecei a aceitar quem sou, a escutar minhas necessidades e a seguir um caminho ao qual pertenço. E desde o primeiro passo andado na direção certa, eu passei a me levar a sério. No Réveillon de 2021, eu estabeceli metas modestas e sinceras; objetivos que vinham de dentro, e sem aquela cobrança de uma consistência ininterrupta.

Eram metas de leitura, de exercício, de alimentação (de comer sem sentir culpa). E por mais que eu tenha falhado um ou dois dias, uma semana, um mês inteiro, eu não joguei tudo aos ares. O dia seguinte sempre estaria lá, pronto para me dar uma segunda chance.

Eu não segui à risca, mas foi o ano que mais devorei livros, que mais me exercitei, que aprendi a amar uma rotina de exercícios, que fiz as pazes com comida. E isso é o epítome da vitória.

Tendo dito tudo isso, quero deixar registrado, mais uma vez, uma lista modesta e sincera com algumas das minhas metas para 2022. Espero que minha lista te inspire a acreditar na sua própria.

  • Fazer aulas de Francês. Eu já falo o idioma, mas nunca fiz aulas, então minha gramática é bem fraquinha.
  • Publicar um livro de poesia.
  • Continuar tricotando cachecóis.
  • Continuar blogando.
  • Continuar aprendendo e praticando leituras de Tarot.
  • Ir na academia 3x por semana.
  • Inscrever-me no centro de meditação.
  • Bake more! Assar bolos e pães com frequência.
  • Montar um álbum de fotos instantâneas e impressas.
  • Guardar dinheiro todos os meses.
  • Ler todos os dias, nem que seja apenas 05 páginas.
  • Organizar/limpar 01 coisa todos os dias (além da rotina de limpeza que já faço), nem que seja apenas 01 gaveta.
  • Usar mais produtos cruelty-free e veganos.

8 comentários:

  1. Eu escrevi umas metas assim que comecei a blogar (101 coisas em 1001 dias), é bom que nos empenhamos em conseguir. Boa sorte e bom 2022!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paloma! Esses desafios são super estimulantes! É divertido!

      Excluir
  2. Hello Amanda! De fato, uma das coisas que mais ajuda é tirar o fardo de "se eu quebrar o ciclo, já era", o importante é continuar sempre. Feliz 2022 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Liz! Exato! E uma vez que tu te dá conta de que o "já era" é apenas uma crença limitante na tua cabeça... *pff* isso desaparece!

      Excluir
  3. Roubei esse seu item "Usar mais produtos cruelty-free e veganos.", não tinha pensando ainda nessa meta como resolução pessoal, amei a ideia!
    Eu tenho um pouco de problemas com resoluções, mas gostei da sua perspectiva, de não se martirizar por não ter atingido alguns itens, por algum período. Tá tudo bem retomar a jornada no dia seguinte e é isso que importa.

    Não sabia que existiam centros de meditação! Vou procurar saber se existe algum por aqui por perto tb <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kari!

      E tem tantas marcas veganas/cruelty-fre de qualidade hoje em dia! Essa semana, comprei uns produtinhos na The Body Shop. Estou experimentando e pesquisando.

      E quanto ao centro de meditação, eu decidi fazer parte disso, pelo menos por um tempo, porque preciso de um guia, de alguém que me ensine. Basicamente, tenho que aceitar que não posso aprender tudo-tudo-tudo sozinha hehe.

      Sucesso na tua nova caminhada, Kari! Um beijo!

      Excluir
  4. Adorei suas metas! Também escrevi algumas e espero conseguir concluí-las aos poucos.
    Assim como você, quero guardar dinheiro todos os meses e ler todos os dias (estipulei 10 páginas).

    Estante da Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, oi, Vitória! 10 páginas é bom demais! E quando a gente pega o ritmo da rotina, 10, 20, 30 páginas são viradas e a gente nem dá conta! O importante é pegar o gosto!

      Um abraço!

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo