Sem pressa: lar, limpeza, organização e carinho na cozinha

Eu deixei esse vestido branco de molho por um longo tempo na máquina de lavar, e depois deixei ele secando na porta do meu quarto, com a porta da varandinha aberta, permitindo que uma corrente de ar fresca como menta entrasse pela casa inteira. Eu estava fazendo isso com muita calma e me dei conta do quanto eu amo fazer coisas nesse ritmo. Não é sempre que dá, mas, quando dá, é como se eu estivesse fazendo as pazes comigo mesma.


Como já mencionei por aqui, eu volto a trabalhar no dia 13 de Setembro, então estou aproveitando ao máximo esse tempo livre e a calmaria. Venho usando meus dias para fazer umas limpas, umas faxinas e organizar cada coisinha no seu lugar. Meu eu adolescente nunca achou que eu viesse a ser tão organizada na vida. Meu eu adulto fica pasmo com a bagunça da minha adolescência.

É tão gostoso acordar pela manhã com a sensação de espaço e limpeza. Algumas pessoa têm o dia da faxina, que geralmente acontece aos Sábados. Eu sou mais adepta do fazer um pouquinho todos os dias. Cada dia uma gaveta, uma estante, um cômodo. Às vezes reclamamos da falta de tempo, mas acredite quando eu digo que você tem, sim, 10min por dia para arrumar/limpar alguma coisa - qualquer coisa!


Um dia você pode lavar e estender as roupas, no outro, faxinar o fogão ou as prateleiras da geladeira. Não precisamos fazer tudo num dia só. Não precisamos provar alta produtividade todo o santo dia. Manter um lar organizado é uma rotina que pode se tornar tão automática quanto escovar os dentes antes de dormir. Você não é desorganizado, esquecido, preguiçoso. Não se rotule. Não coloque limites naquilo que você pode se tornar.


Estou arriscando umas receitas novas e dando mais carinho à minha cozinha. Existe sabor mais delicioso do que o caseiro? Sentir em cada mordida que suas mãos fizeram aquilo com produtos frescos. Talvez você não tenha tempo para cozinhar de tal forma ao longo da semana, mas e o final de semana? Que tal tentar alguma receitinha nova? Que tal montar um Livro de Receitas escrito à mão? Se você tem filhos, essa pode ser uma forma criativa e amorosa de passar tempo com os pequenos. Imagine o tanto de receitas que vocês podem criar juntos; imagine o tanto de páginas registradas que podem passar de geração para geração.

Fiz esse bolo no olho, então ainda devo aprimorá-lo nas próximas tentativas. Esse é um bolo de aveia veganíssimo e apetitoso. Usei água, aveia em flocos, banana, maçã, canela, amêndoas fatiadas, óleo de coco, açúcar mascavo e fermento (mas ele nem cresceu haha).


Acordando em etapas. Dê um tempo. Sim, nós temos tempo. Temos tanto tempo. Que nossos dias mais felizes sejam o agora. Que nosso futuro seja hoje. Que o cuidado seja certeiro, assim como são os segundos. Nosso peito leve como pluma. Os vestidos dançando em rodas, guiados por pernas fortes, sustentadas pelos pés no chão.
:)
Posts que você vai amar!

3 comentários:

  1. Que post mais delícia, mais slow life. Amo e procuro levar minha vida desse jeito. Sem neuras com produtividade, alta performance. O importante é viver de forma leve e prazerosa. Apreciar cada momento, cada cheiro, cada sabor. Uma salva de palmas pra esse post cheio de inspiração e poesia, Amanda! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, oi, Alessandra! Nhomm, obrigada! Eu concordo plenamente contigo: o importante é viver a vida de forma leve e prazerosa!

      Excluir
  2. me esqueci de colocar o endereço do blog: www.umnovodestino.com.br

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo