Meus dias em fotos - click, click!

Eu só começarei a trabalhar em Setembro, então tenho bastante tempo livre para fazer nada e tudo, experimentar, criar, conhecer e ter umas crises. Tem sido um momento bem tranquilo, sem grandes obrigações. Com clicks meigos, mostrarei agora um pouco do que tenho feito aqui em Porto Alegre.

Conhecendo cafés e restaurantes

Essa foto foi tirada no banheiro do Vê - Empório e Restaurante Vegano (@ve_vegano). Comidinha maravilhosa por um preço justo em um ambiente super charmosinho.


Café passado pela manhã

É sagrado. Momento abençoado do meu dia. Agora que estou "de férias", é mais fácil arranjar o tempo que for para fazer as coisas com calma, mas mesmo quando estou acordando cedo para trabalhar, eu reservo no mínimo 1h pela manhã para arrumar a cama, passar um café com calma e me conectar com meu journal.


Um olhar para dentro: journaling

Quem tem o costume de journal (estou usando essa palavra como um verbo) diariamente, sabe dos benefícios que essas páginas podem nos proporcionar. Escrever sobre alguns sentimentos, anotar ideias e projetos, fazer uma lista gratiluz com os pequenos detalhes do dia-a-dia que fazem tudo valer a pena.


Livros em Português

Eu passei 03 anos inteirinhos sem ler um sequer livro em Português. Durante o tempo que estive na França, li livros em Inglês e Francês, e logo que cheguei aqui em Porto Alegre, comecei a devorar histórias escritas em minha lindíssima língua materna. É um alívio! No momento, estou lendo Madame Bovary, escrito no século XIX por Gustave Flaubert.

"Emma é uma mulher sonhadora, uma pequeno-burguesa criada no campo que aprendeu a ver a vida através da literatura sentimental. Bonita e requintada para os padrões provincianos, casa-se com Charles Bovary, um médico interiorano tão apaixonado pela esposa quanto entediante. Nem mesmo o nascimento de uma filha dá alegria ao indissolúvel casamento no qual a protagonista sente-se presa. Como Dom Quixote, que leu romances de cavalaria demais e pôs-se a guerrear com moinhos, ela tenta dar vida e paixão à sua sua existência, escolha que levará a uma sucessão de erros e a uma descida ao inferno."


Ler em qualquer outro lugar

Por mais que ler seja uma atividade solitária (no sentido de que se faz sozinho), faz bem trocar os ares e ler em outros ambientes. Um café. Um café no shopping. Um parque. Basta um fone de ouvido, uma playlist instrumental e uma xícara quentinha de chá. Essa é uma ótima forma de passar tempo sozinha e de qualidade.


Curtindo uma chuva

Há dias que o sol acorda cantarolando. Há dias que parece que ele nem acordou. Chuva e neblina é o que caracteriza boa parte do inverno em Porto Alegre, e algumas pessoas acham isso difícil de acreditar. Alguns amigos estrangeiros que nunca vieram ao sul do Brasil me mandam mensagens com muitos pontos de interrogação (????????), chocadíssimos com o tempo fechado que mostro nos meus stories. Muita gente ainda acha que o Brasil é sol e carnaval em sua totalidade...



Um arco-íris de sucos

No post Oh healthy days!, falei sobre minha rotina de exercícios físicos diários e sucos naturais. Toda vez que preparo essa misturinha no liquidificador, sinto que estou tratando meu corpinho com o devido amor que ele merece.


Meu novo lugar: a cozinha!

Com todo esse tempo livre, estou experimentando umas receitas saudáveis e diferentonas, como esses stuffed tomatoes, com uma pastinha caseira de couve-flor, milho e requeijão. Eu resolvi fazer essa pastinha de couve-flor, pois, na verdade, eu a deixei cozinhando mais do que o necessário, e ela acabou ficando super mole e quebradiça. Esse pequeno errinho me fez descobrir uma nova receita. Postei recentemente no blog como fazer leite de aveia caseiro em um estalar de dedos - snap! Tenho me inspirado com as receitas do site Downshiftology - super recomendo!


As ruas arbóreas de Porto Alegre

Quando o sol volta a brilhar, eu tento dar uma passeadinha pelas ruas de Porto Alegre, e meus olhos brilham com esse monte de árvore pelas ruas. Eu tinha me esquecido como essa cidade é bela, mesmo com todos os problemas e atrasos que ela ainda apresenta - e são vários. Essa rua fica bem ao lado do Parque Redenção, na rua Santa Teresinha, onde se encontra o Caffè Santa Fermata (@santafermata), um local aconchegante, delicioso e dog-friendly!


Um post bem simples só para soprar a poeira da escrita. Do extraordinário ao simples, eu gosto de compartilhar um pouquinho dos meus dias e das minhas descobertas. Bisous!

10 comentários:

  1. Porto Alegre parece ser tão encantadora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é, Liz! Espero que algum dia você possa conhecer POA e o RS!

      Excluir
  2. Oie ! Que delícia esse post, amei ver os seus dias em fotos encantadoras ♡

    www.blogresenhando.travel.blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Júlia! Obrigada! Já notei que os leitores daqui curtem umas postagens assim! Um beijão!

      Excluir
  3. Amei esse post! Acho legal saber o que as pessoas fazem no dia a dia e os pequenos detalhes (:

    Estante da Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vitória! Obrigada por vir aqui me dizer o que pensa! Sabe, quando eu escrevo posts do gênero, fico pensando "quem é que vai querer saber o que eu faço com meus dias?", mas vocês realmente gostam! Obrigada <3

      Excluir
  4. Nossa, muito real isso dos estrangeiros acharem que o Brasil é uma grande praia e todo mundo tem a pele bronzeada. Eu que vim do cerrado e tenho um belíssimo bronzeado de escritório sou uma grande decepção para eles hahahaha

    www.umnovodestino.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Sim, Alessandra! É engraçado quando eles falam "tu não parece brasileira". Minha resposta sempre é "e como são as brasileiras?" haha

      Excluir
  5. Oie
    Amei o post e amei as suas fotos 😍
    Nossa, eu não sei se algum ano eu vou poder dizer que só li livros em outro idiomas.Eu li este ano o "Madame Bovary" e gostei bastante da leitura.Espero que também tenha uma experiencia positiva.

    Tive que rir com os gringos que não acreditavam que aqui fazia frio kkkk.O pior é que ja brasileiro reclamado do povo que usa blusa quando esta frio .Ou que só no sul faz frio.

    Ok , acredito que no Sul faça mais frio do que São Paulo, mas se aqui não faz frio , aqui tem muita gente que não batendo bem da cabeça sentindo frio que não existe.

    Ja disse mais repito ,amei o post , amo posts assim.

    Beijos

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Angela! Obrigada por vir aqui e deixar esse comentário lindão! Quanto ao livro Madame Bovary, vou ser bem sincera: tá muito enrolado para mim! hahahaha Como tu já leu o livro, sabe que o autor faz contornos e contornos no cenário e nos detalhes da barra de uma saia. Eu decidi parar de ler o livro, pois a leitura, que é uma atividade super prazerosa para mim, tornou-se algo maçante! haha

      Fico super contente em saber que você gosta de posts assim! Eu já notei que os leitores aqui do blog gostam disso. É sempre bom saber do que vocês gostam, e alinhar isso com o que eu quero compartilhar! Muito obrigada pelo feedback!

      Eu realmente não conheço o frio de SP, pois as poucas vezes que fui para lá estava beeeem quente haha

      Um beijo, Angela!

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo