fotos e registros de 02 dias em Estocolmo


Stortorget é a mais antiga e principal praça em Estocolmo, no bairro Gamla Stan, com aquelas ruazinhas estreitas e medievais que a gente tanto ama. Em Gamla Stan também há muitas lojinhas curiosas e lugares para comer. Eu fui meio sem roteiro, apenas passeando pelas ruas de forma bem aleatória e me deparando com umas vistas super charmosas.


Nessa mesa praça há uma fonte de água suuuper pura e fresquinha, mesmo no calorão que estava fazendo nos últimos dias. Se você for a Estocolmo, não gaste seu rico dinheiro com água mineral. Carregue uma garrafinha na bolsa e pare de fonte em fonte para se refrescar, ou encha sua garrafinha com água da torneira mesmo - aprovadíssimo.


Eu ainda estou muito acostumada com a vida parisiense, e estranhei a falta do cestinho de pão na mesa. Eu pedi uma salada vegetariana, e salada foi o que recebi haha. Eu comi apenas essa salada da fotinho acima, então não quero me precipitar em conclusões, mas as saladinhas que comi na França deram de 10x0.



Eu e o Sami almoçamos em um restaurante-barco - foi tão lindo! O barco ondulava um pouquinho, então logo de início foi uma sensação meio estranha, mas acabei me acostumando.


Se você gosta de peixe e frutos-do-mar, a Suécia é o local certo para se deliciar. Eu adoro peixe, mas não consigo comer frutos-do-mar, nem mesmo camarão. Pedi um prato super famoso com peixe e batatas: Matjesill - super recomendo! Os sanduíches abertos também fazem parte da cuisine sueca, preparados com uma mistura de camarão e afins. Eu até provei só para experimentar, mas frutos-do-mar não são a minha praia.




Fikatider! Fikatime! Eu já mencionei algumas vezes que fika está para os suecos assim como chimarrão está para os gaúchos. Fika é, nada mais, nada menos, do que um coffee break com bolo, cinnamon rolls, ou qualquer coisinha doce. Eu aproveitei as caminhadas pela cidade para fazer umas paradas em fika places diferentes, e o primeiro de todos foi Vete-Katten.



Essa fotinho acima define muito bem do que se trata um fika. Não é preciso ir a um lugar específico para ter um fika, pois, como eu já mencionei, é simplesmente um café com algo doce, então você pode ter um fika na mesa da cozinha do seu próprio lar. Segundo o Sami, preferenciamente, fika é um momento que se partilha com família e amigos, mas eu super tive um fika sozinha mesmo hehe.


Nos fika places, você pede o lanchinho e o café no balcão e já faz o pagamento ali mesmo. O atendente te dá o lanche, mas é você que deve se servir de café numa mesa com xícaras, talheres e tudo o mais. Eu fiquei pensando Será que isso aqui é refil? Então me dei conta de que não importa se é refil ou não, porque ninguém aguenta tomar mais do que duas xícaras de café. Às vezes eu tomo duas, mas eu sei que vou ficar um tanto agitada haha.


Neste mesmo café, havia duas senhoras sentadas na mesa ao lado, e quando seu fika chegou ao fim, uma se direcionou ao banheiro, e a outra, enquanto aguardava, ficou alinhando os quadros na parede. Eu achei esse momento tão meigo que precisei tirar uma foto. Imagina se todo mundo fizesse um pouquinho para cuidar de seus arredores?



Se comparar Sueco com Inglês, dá para notar várias similiaridades. Måndag (Monday), Tisdag (Tuesday), Onsdag (Wednesday), Torsdag (Thursday), Fredag (Friday), Lördag (Saturday), Söndag (Sunday). Eu passava o tempo inteiro fazendo essas conexões!



Como eu disse anteriormente, eu fiz algumas paradas em fika places, já que experimentar a cuisine local é sempre uma das partes favoritas das minhas viagens. Tá vendo esse bolinho na foto abaixo? Então, o aspecto dele não chamou minha atenção, mas eu acabei pedindo uma fatia, pois vi várias pessoas fazendo seu fika com esse bolinho. Com uma cobertura verde e um creminho leve por dentro, esse Princess Cake é um doce típico na Suécia, então vale a pena experimentar.



E como sempre, eu tenho que fazer minhas paradas nas igrejas e dar uma conferida nos vitrais e arquitetura interna. Nada como o silêncio de uma igreja para voltar para si.

Espero que vocês tenham gostado das fotos e dos detalhes que ressaltei. Neste exato momento que escrevo, estou em Porto Alegre. Eu larguei tudo o que eu tinha em Paris - emprego, studio, etc. Logo que cheguei na casa dos meus pais, meu pai me perguntou Tá, e qual é o plano agora? como quem diz Qual é o próximo destino agora? haha. Eles já me conhecem bem...
:)
Posts que você vai amar:

Comentários