uma tarde no Parc André Malraux, Nanterre

Bonjour! Deeeeixa eu compartilhar com vocês essas fotinhos simpáticas, esse momentinho do meu sábado, essa tarde gelada e ensolarada no Parc André Malraux, Nanterre. Eu fico aqui pensando que há muita tragédia, reclamação e notícias desagradáveis na internet, portanto eu faço questão de compartilhar umas colheradinhas de doçura e sorrisos. Isso me faz bem, sabe?

Eu não vivo em uma bolha de positividade (quisera eu!), mas eu super apoio a ideia de limitar a ingestão de conteúdos que não nos fazem bem. Eu ainda estou aprendendo a filtrar o que realmente vale a pena ler/escutar/assistir, mas é um pouco complicado fazer esse discernimento com tanta informação sendo jogada na minha cara e convivendo com pessoas que fazem questão de saber números e detalhes de notícias angustiantes.


E é por isso que estou aqui compartilhando essa florzinha super delicada que perseverou em meio a neve. Ver essa florzinha dando a volta por cima me faz lembrar de como somos fortes - cada um de nós. Ai, vamos combinar uma coisinha? Aqui, eu e você? Se você vir florezinhas sorridentes por aí, envia uma fotinho para mim! Compartilhe coisas boas comigo! Compartilhe coisas boas com todo mundo, tá?


Em um dos posts aqui do blog, eu falei sobre como meu estilo se transformou desde que me mudei para a França. Eu inclusive comentei sobre essa calça branca jeans mega solta e maravilhosa que é um alívio! Há alguns anos atrás, eu jamais me imaginaria usando uma calça dessas, mas venho aprendendo a sair do same old, same old. O casaco e a bota que estou vestindo são minhas peças favoritas do momento, é só dar uma passadinha no meu feed do Instagram para notar que estou sempre com eles hehe.



As primeiras vezes são especiais, e foi a primeira vez que vi água congelada em um laguinho. Tanta coisa acontecendo sobre uma camada de gelo. Folhas secas e gravetos repousam quietinhos. Três patinhos caminham. Crianças tentam quebrar o gelo. Um papai faz o possível para que elas não caiam de cabeça na água.







Eu adoro coletar florezinhas e pinhas que encontro pela rua e trazê-las pare dentro de casa. É mais do que apenas decoração. É um lembrete vivo que diz Ei, volta para cá! Sai dessa bolha chamada internet. Sai dessa sua mente que não cala a boca. Vem para cá! Toca em mim! Toca em mim em silêncio e faça um pedido. Faça um pedido e sinta esse pedido se tornando realidade. Vai dar tudo certo, você vai conseguir. Você já conseguiu ;)



2 comentários:

  1. Que delícia de post <3
    Também vivo essa vida de tentar equilibrar a quantidade de notícias e informações que me fazem mal q recebo, mas conviver com gente que gosta de saber detalhes e acompanhar jornal. As vezes é difícil pra caramba. Mas realmente concordo e acredito que consumir e espalhar coisas boas e felizes é uma forma de deixar tudo mais leve. Obrigada <3

    Beijos,

    A Menina da Janela

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo