por que estou aprendendo sobre tarot + carta The Fool


Quem me conhece sabe o quanto amo esse campo místico e o quanto me entreguei à prática e ao estudo de magia nos últimos anos. Várias são as formas de viver a magia, desde feitiços mega elaborados até a simples prática de mentalizar com clareza e consciência aquilo que se almeja conquistar, como mencionado no post magia, mentalização e o ritmo natural das coisas. Há também várias formas de se obter respostas (divinação), e Cartomancia é apenas uma delas. A Cartomancia compreende a leitura de oráculos e tarot que apesar de serem cartas, possuem estruturas diferentes.

Como mencionei no post 5 coisas que estou aprendendo/quero aprender, existem várias formas de divinação (Cartomancia, Quiromancia, Vidência, Tasseografia, Astrologia, Runas), e se você estiver interessado em aprender sobre práticas divinatórias, a melhor dica que posso dar é: não pire! Não tente aprender tudo ao mesmo tempo, pois é muita informação, e seu conhecimento geral será bem superficial. Em vez disso, escolha uma pratica divinatória, aprenda sobre e se conecte com ela. Aprenda o máximo que puder sobre, pratique e se entregue! E é exatamente o que estou fazendo com meu baralho de tarot Universal Waite.


E por que eu optei pela leitura de tarot? Para ser bem sincera, eu não acho que eu tenha escolhido o tarot, e sim ele. O tarot me escolheu. Foi ele que veio até mim. Err.. Oi, Amanda? Como assim? Então, eu sou uma pessoa muito conectada com meus sonhos (esses que sonhamos à noite mesmo), e se eu contasse para vocês as coisas que já se passaram enquanto minha cabeça repousa sobre um travesseiro, vocês se arrepiariam. O tarot veio até mim durante a noite, nesta mesma época do ano passado. Eu já sabia sobre o que o tarot se tratava, mas nunca havia pesquisado sobre e nem conhecia as cartas que compunham o baralho. Contudo, nessa noite em questão eu sonhei com uma das cartas desse tarot, e me lembro até hoje da imagem da carta bem ampla e clara na minha mente. A carta em questão era The Fool (O Louco).

Quando acordei, eu ainda tinha aquela imagem na minha cabeça, então me levantei, preparei um café e fui em busca do significado dessa carta e o porquê de ela ter vindo até mim. Encontrei o site Edelwyn, que fornece a explicação bem detalhada de cada carta desse tarot em questão. Enquanto eu lia sobre a mensagem que The Fool carrega, meu queixo caía e sentia minha pele arrepiar, pois The Fool representa minha personalidade e o momento que eu estava passando na minha vida.

The Fool - elementos visuais e simbolismo
Cada carta é representada por um signo astrológico, consequentemente, um planeta e um Elemento. The Fool é representada por Aquário, regido por Urano, e Ar é seu Elemento. Essa primeira informação que encontrei já cutucou minha curiosidade, pois, bem... sou aquariana. Contudo, eu não o tipo de pessoa que se deslumbra e acha que tudo são sinais místicos, logo, até aí eu não estava impressionada, apenas curiosa.

The Fool é a carta zero do tarot, o link entre a primeira e a a última carta das arcanas maiores. The Fool ilustra uma pessoa com energia jovial que saltita livre, leve e solta pelo mundo, pela beira do penhasco. Alegre, puro, gentil e despreocupado, The Fool se joga no mundo sem saber o que se encontra a sua frente. Ingênuo ou negligente, The Fool caminha cegamente em direção a um futuro que pode ser um tanto quanto arriscado. Essa carta apresenta sim um risco, e o cachorrinho branco logo ao lado, um fiel companheiro, a intuição, avisa aos prantos para que The Fool tenha cautela e que sinta os pés no chão, caso contrário, o desfecho dessa nova aventura pode ser um tanto quanto trágica.

Contudo, The Fool também pede que se tenha esperança, aquela fé cega que apenas sonhadores e aventureiros conseguem carregar. Essa carta demonstra o início de uma nova e linda jornada, uma aventura ousada que pode envolver viagens em territórios ainda não explorados, assim como o despertar de novos projetos em outras esferas da vida. The Fool enfatiza que não podemos negligenciar as possíveis quedas de penhasco, mas pede que demos uma chance a essa aventura, pois a recompensa certamente virá.

The Fool e o momento que eu estava vivendo
Agosto de 2019, eu havia recém me mudado para Paris com pouquíssimo planejamento, e meu futuro era apenas uma neblina cinza e densa; era tudo muito incerto. Como contei no post como encontrei emprego em Paris, eu havia encontrado empregos part-time de última hora e um quarto em um apartamento temporário. Eu não conhecia Paris, eu não tinha contatos e minha situação financeira estava bem, beeeeeeeeem delicada. Se eu não tivesse cuidado, disciplina e determinação, eu poderia facilmente cair do penhasco. Entretanto, eu tinha muita fé e muita vontade de fazer dar certo!

eu havia recém me mudado

Minhas melhores amigas dizem que sou corajosa, minha mãe diz que sou louca, minha psicóloga dizia que eu não analisava riscos. Sinceramente, acho que eu era um pouco de tudo isso. Eu estava me sentindo insegura naquele momento em que me encontrava, mas essa carta veio na hora certa, como um alerta de cautela e um you go, girl! Tenha fé porque vai dar tudo certo!

E realmente deu! Passei por altos e baixos nessa aventura que se iniciou em Paris, mas equilibrando disciplina e esperança consegui superar essas tempestades e me estabilizar. A recompensa que a carta prometeu se manifesta no meu cotidiano, e aqui estou, um ano depois desse Fool que veio até mim. Essa carta ilustrou tudo o que eu era, o que eu sentia, meu contexto e o desfecho esperado, foi então que resolvi estudar essa arte divinatória e me entregar à minha intuição, minha fiel companheira.

Comentários

  1. Parabéns pelo post! Achei muito interessante e a sua escrita é super leve e envolvente! Ameiii <3

    ResponderExcluir
  2. O bom de aprender ler cartas e estudar sobre a magia é que a gente começa a entender o significado de tudo o que acontece em nossa vida, a gente compreende o universo, as energias e tudo por mais confuso que pareça no início, acaba sendo fácil de entender depois. Entendemos mesmo sem querer quando algo não sai como planejado, entendemos quando não colocamos fé em algo e aquilo dá errado, entendemos que quando mais energia positiva colocarmos em nossos planos mas "fácil" eles iram se concretizar porque tudo não passa de energia, energia que você dá para o universo e recebe de volta. Tudo se exige um estudo mas estudar aquilo que gostamos nos dá prazer e vontade de continuar.

    Kisu,
    Jaque de Lua 🎔

    ResponderExcluir
  3. Ai que post perfeito
    Eu to amando conhecer seu blog. Também quero aprender tarot, mas vou primeiro estudar sobre a wicca, que é algo que me fascina desde sempre, mas nunca tinha ido atrás quando jovem pq minha mãe era muito religiosa, a ponto de me expulsar de casa se descobrisse (kkkkk cada k uma lágrima). E agora to indo aos poucos, estudando no meu tempo.

    Beijos
    Carol Justo | Justo Eu?!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Form for Contact Page (Do not remove)