como adquiri o certificado TEFL online

Les Arènes de Nîmes
Durante muito tempo carreguei comigo essa aspiração de comprar uma passagem só de ida para algum país da Europa e respirar novos ares. Veja bem, não é que eu não goste do Brasil, é que a ideia de morar para sempre no mesmo país, no mesmo Estado, na mesma cidade, por uma vida inteira me apavora ao ponto de eu mal conseguir respirar. Sabe aqueles dias que você para tudo o que está fazendo para ter uma crise existencial? Bem, tive vários dias desses. E ainda guardo a fresca memória do dia que me questionei como quero viver minha vida? Depois de ter finalmente chegado à uma conclusão, prontamente peguei um caderno e escrevi em letras maiúsculas com um marca-texto rosa pink: ter um trabalho que me permita morar onde eu quiser! E fico muito satisfeita em finalmente poder dar um check nesse sonho.

Pesquisando as possibilidades que existiam me deparei com esse tal certificado TEFL - que todo mundo confunde com TOEFL. Então antes de explicar como adquiri o TEFL, precisamos compreender a diferença entre essas duas siglas, ok? okaaay!

TEFL (Teaching English as a Foreign Language) é um programa preparatório para english teachers que almejam dar aulas em países cujo idioma oficial não seja Inglês. O exemplo mais próximo que posso dar sou eu mesma: dou aulas de Inglês na França, um país cuja primeira língua é Francês (dã).

TOEFL (Test of English as a Foreign Language) é o famoso exame que avalia sua proficiência em Inglês referente às competências reading, listening, writing e speaking, dependendo da modalidade pela qual você optar.

Pronto! Siglas desmembradas. Hora de relatar minha experiência como aluna TEFL, e como esse certificado contribuiu para eu chegar onde cheguei :) Começamos pelo fato de que não sou graduada em Letras, mas trabalho como teacher em cursos de Inglês desde 2015, já que no Brasil não existe uma forte demanda por professores graduados em cursos de Inglês - basta dominar a língua, ter empatia e sensibilidade para com seus alunos e estar disposto a aprender! Ou seja, antes de investir ($$$) no TEFL, já tinha experiência no ramo e sabia que gostava de trabalhar com isso.

Em Novembro de 2018 eu estava decidida a finalmente fazer o programa preparatório TEFL e dizer bye, bye, Brazil! São várias as instituições que oferecem esse programa, tanto no Brasil, quanto no exterior, e optei pela International TEFL Academy, que oferece o programa em várias cidades diferentes. Roma? Florença? Barcelona, Toulouse, Praga? América do Norte ou Ásia? Em meio a essa indecisão descobri que eles também ofereciam o curso online, consequentemente mais barato. Feito! É agora ou nunca! Paguei pelo programa e aguardei ansiosamente até 14 de Janeiro de 2019, o primeiro dia de curso.

Eu jamais havia feito qualquer tipo de curso online, e estava com medo de não me dedicar pelo fato de não ter um professor bem na minha frente, mas como sempre falo, é nas mudanças que nos descobrimos, et voilà: descobri que me identifico muito com ensino à distância e que amo o fato de estudar e atender às aulas no meu tempo.

TÁ, MAS COMO FUNCIONA?

O aluno tem acesso a uma plataforma com todas as informações necessárias referentes ao curso. Nenhum material extra precisa ser comprado, pois todo o conteúdo já se encontra na plataforma, com vídeo-aulas e textos. A cada semana, o tutor responsável pela turma disponibiliza as atividades que devem ser entregues em um prazo semanal determinado. As tarefas consistem na escrita de redações sobre um determinado assunto, na participação em fóruns da própria plataforma e no desenvolvimento de lesson plans, que devem ser entregues em Inglês, obviamente. Tudo é 100% em Inglês, ou seja, o TEFL não é um curso de gramática, e sim um preparatório com um viés pedagógico. Creio que quem é graduado em Letras com certeza já aprendeu sobre tudo o que é abordado no programa, mas como não possuo tal formação, senti que o conteúdo foi útil e interessante, além de ter trazido vários questionamentos sobre a forma como eu vinha ensinando.

Dependendo do país para o qual você pretende ir, bem como da empresa para a qual você quer trabalhar, é imprescindível ter um certificado TEFL ou outro tipo de certificação. Como não gosto de generalizar, falarei especificamente sobre a minha experiência aqui em Paris: ter um certificado TEFL no meu currículo certamente me deu aquele plus, mas o que me destacou foi um currículo recheado de experiências profissionais em sala de aula, além da vivência como au pair, pois estaria sendo contratada para trabalhar com crianças.

Como eu disse no post como encontrei emprego em Paris, em Março de 2019 eu me mudei para Nîmes, sul da França, para "trabalhar" como au pair, portanto, ter optado pelo curso online foi uma das melhores decisões que eu poderia ter tomado, pois comecei o programa no Brasil, mas terminei na França, executando meu trabalho como au pair.

Quando decidi tirar o certificado TEFL online, não imaginei que em alguns meses estaria partindo do Brasil, mas tudo mudou muito rápido e ao mesmo tempo. No Réveillon 2019 uma amiga me falou sobre o site Au Pair World, e imediatamente criei um perfil e comecei a entrar em contato com famílias no exterior. Poucos dias após já tinha acertado tudo com essa família em Nîmes. 11 de Janeiro, minha passagem já estava comprada. 15 de Março, eu já estava dentro do avião com apenas uma mala, um sorriso tranquilo no rosto e noção alguma de como meu futuro seria dali para frente :)

Comentários

Form for Contact Page (Do not remove)