Marina, Liane e a senhora na moto rosa chá

o que você quer ser quando crescer?

quero ser Marina
essa senhora portuguesa da mesa ao lado
que interrompeu nossa conversa
para acender meu cigarro
fala em português
arrasa em inglês
encanta em espanhol
fuma em francês
ela termina seu pint de blanche
volta para casa às sete da noite
numa sexta-feira qualquer
desse bar de esquina em Boulogne-Billancourt

mas o que você quer fazer da vida?

quero fazer como Liane
que encontrou amor dentro de si
não precisou de aliança
nem de nove meses
a única coisa que precisa é uma road trip no Canadá com suas três melhores amigas
saboreando bons vinhos
degustando sua vida
sua vida apenas
e a demais ninguém

você não entendeu minha pergunta...

você que não entendeu
que quero ser essa senhora cujo nome não sei
sentada em sua moto cor de rosa chá
como quem chá toma no conforto de seu lar
o jardim de delicadas margaridas estampadas em sua longa saia bordô
capacete coquinho amarelo pastel
polido e bem cuidado
impecável retrato
da fina arte do fotógrafo retrô
bufando e reclamando
ajeita a haste de seus óculos de sol arredondados
pois nunca foi a doce senhora do tricô
nem esposa do Pierre
nem filha do Louis
é sua própria referência buzinando por aí
sorri para ela
ela me devolve um sorriso de canto de boca
a senhora mais cool que já vi passar
a senhora na moto rosa chá
quem um dia quero me tornar

Comentários

Form for Contact Page (Do not remove)