breve registro sazonal dessas árvores

Há algumas semanas atrás eu estava andando pela rua, quando um senhor muito querido me para e diz "parece que você vem de um conto de fadas". Depois de agradecer, continuei meu caminho e fiquei refletindo sobre como me comporto enquanto estou passeando, e entendi porque o senhor havia me dito aquilo. Sempre que coloco meus pés para fora de casa, seja para ir trabalhar, passear ou apenas comprar uns tomates no mercado aqui do lado, fico admirando meus arredores com olhos encantados de uma criança ingênua.

O contraste luz/sombra, as cores das novas flores que estão começando a brotar com a quase chegada da Primavera, a textura das folhas, os charmosos telhadinhos que erguem minha cabeça, tudo é motivo para me fazer caminhar faceira em contemplação, e acho que é isso o que me torna uma pessoa tão satisfeita no final do dia. Gosto muito (muito mesmo!) de comparar a mudança da natureza ao longo das estações. Você já reparou o quanto que as árvores mudam em questão de semanas? E o tanto de mudanças pelas quais elas passam ao longo de 12 meses? É lindo demais!


Já se passaram um Verão, um Outono e um Inverno desde que cheguei em Paris, e agora já começo a presenciar a sutil e esplendorosa chegada da Primavera. Em apenas alguns meses vi folhas morrendo, caindo, secando e servindo à Mãe Terra mais uma vez; acordei de manhã achando que ainda estava no meio da noite, fui trabalhar e voltei para casa achando que o sol tivesse se esquecido de acordar. Não estou reclamando, pelo contrário, sou tão grata por notar essas transições e aprender com elas.
Toda Quarta-feira de manhã vou para o apartamento de Eleonor e Jade, duas meninas das quais cuido como baby-sitter (nounou en français). Sendo um dos meus três part-times aqui em Paris, faço isso desde que aqui cheguei, ou seja, faz alguns meses que subo ao 14º andar uma vez por semana e espio pela janela a mudança dessas duas filas de árvores ao pé do prédio. Um belo dia resolvi começar a registrar, pois nem eu acreditava que elas poderiam mudar tanto de uma semana para a outra. Apesar de ter feito vários clicks ao longo dessas semanas, eu acidentalmente deletei algumas fotos (aff) e acabei perdendo esse registro, mas tudo bem! Passou, passou e desapega :)

Essa foto com as árvores completamente peladinhas foi tirada nessa Quarta-feira (26.02) que recém passou. Pela imagem não é possível enxergar o musguinho verde que cobre troncos e galhos e que está cada vez mais vibrante! Ahhhh natureza, você é perfeita! Caso você tenha interesse, eu recomendo muitíssimo fazer um registro fotográfico da natureza existente pelo caminho que você geralmente traça, além de se comunicar com esse mundo vivo e mágico que nos acolhe e nos nutre. Agradeço a chuva, o frio e o calor, sol e lua, luz e sombra, morte, renascimento e florescimento. Aceito as mudanças e agradeço :)

Comentários

Form for Contact Page (Do not remove)