imersa em cinzas, vejo cores


Nessa época do ano, Paris é cinza demais, e assim tenho a oportunidade de notar as pequenas faíscas de cores ao meu redor. Amo demais esse tempinho fechado e posso sim passar longos períodos mergulhada nessa paleta de cinzas, e assim, quando um rápido raio solar brilha por aqui me sinto grata demais, e aproveito esse calorzinho como jamais fizera na abundância solar do Brasil.

Por conta dos cinzas, notei o arco-íris do post-it, a harmonia entre azuis e verdes dos cadernos e livro, o jogo de rosas entre perfume, rímel e um frasquinho com uma poção mágica que fiz há um tempinho atrás, e a mistura das várias cores de canetas e markers que uso para desenho.

Aposto que se o sol estivesse brilhando lá fora, eu não teria visto nada disso :)








Comentários

  1. Oi, Amanda! Tudo bom?
    Às vezes tenho esses momentos de perceber a beleza das coisas que vejo cotidianamente de uma forma completamente singular. Costuma deixar o meu dia muito melhor! Fiquei curiosa para saber sobre essa poção mágica que você fez...
    Abraços,
    Literalize-se

    ResponderExcluir
  2. Oiê! Adorei esse texto, de verdade! A gente esquece de ver as cores da vida, né?

    ResponderExcluir
  3. As vezes gosto mais de olhar pro céu e refletir pra vê se algo está diferente , depois eu olho ao redor e fico olhando em volta.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto fiz meu intercambio em Londres tive essa mesma percepção de cores e belezas que você teve. É realmente incrível como entramos na rotina e esquecemos de perceber nos pequenos detalhes, né? Sempre é bom sair da caixinha e ver o mundo.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto!
    Acho muito legal quando surge aqueles momentos onde conseguimos ver beleza e cores nas situações e objetos mais simples, é fantástico!

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
  6. Aqui não está cinza agora, mas não importando a cor predominante tenho certeza que tá visível no meu olhar o brilho de ter lido esse texto tão simples e GIGANTE! Fiquei aqui sem saber se devia reparar mais nas cores ou realmente esperar que uma situação de monocromia faça com que elas saltem por conta própria... Seja qual for a escolha, tomara que me faça bem como fez a você!

    ResponderExcluir
  7. Sempre há beleza nas coisas, mas nem sempre a correria do dia a dia nos permite observar. É bom esse momento de olhar para as coisas e enxergar suas belezas!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Form for Contact Page (Do not remove)