receita para amor durar

visitei ancestralidade
questionei minha mãe
irmã, primas, tias e até
minha adorável avó
pesquisei em livros
arrisquei algumas receitas do antigo grimoire
mas como sempre
é bolo que embatuma
torta de maçã podre
doce de figo bichado
verme disfarçado

suspirei para a Lua
escutei os galhos
tive conversas com o Diabo mas
esse feitiço que descobri
bruxa nenhuma me ensinou
Livro das Sombras jamais registrou

como fazer o amor ficar?
presa ingênua
deixe a armadilha te pegar
de novo e de novo
inimiga dor amiga
te protege te tortura
é melhor ver o caçador
ou o caçador te faz sangrar

dança da dicotomia
memorize antônimos
aprenda o correto encaixe
desse antagônico quebra-cabeça e suas peças do amar
primavera daltônica
rosas e cactos
à noite
cama ardente
de manhã
café doente
dois cubos de gelo
gire com colher três vezes
sentido horário
que amor aqui habite
anti-horário
banindo sua paranóia
que assim seja

não pergunte
não demonstre
não ouse falar sobre seus sentimentos
não ouse amar no magnífico jogo do amar
e se amante o infortúnio te tornar
passe o batom mais vermelho
prepare sua boca para
beijar com força e
engula à força
goela abaixo
amargo como bile
cuidado para não vomitar
as doces palavras de carinho
que você um dia cogitou soluçar

aqui é proibido recitar
íntimo demais
a única canção apreciada
é seu gemido trêmulo
entrelaçado ao fôlego crescente
vinho tinto
hálito quente
que por entre úmida ilusão
parte de seus lábios
e lambe a canção dele
a dissimulada orquestra até parece completa
goze à última melodia
pois quando o show acabar
prepare-se para o mais frio dos invernos
e leve seu amor
quer dizer
seu...
(silêncio)
qualquer coisa menos amor
para passear
façam longas caminhadas à beira-mar
contemplem o belo azul
das frias praias da Antártica
é onda congelada
ou mar sem água
qual você vai comprar?

Comentários

Form for Contact Page (Do not remove)